Geral

Eu não gosto de política

“Eu não gosto de política”

Sim, eu já repeti muitas vezes essa infame frase, mas não sabia o peso que ela trazia consigo.

Não sei exatamente quando ela foi emitida a primeira vez, mas sei que é repetida muitas vezes por dia e para ter pessoas cada vez menos interessada na direção que o país inteiro toma ela é perfeita.

Talvez você não saiba, mas não gostar de política é o mesmo que:

  • não querer saber o que fazem com o dinheiro público;
  • não querer saber como é conduzida a educação e segurança;
  • não querer saber como são investidos os recursos para a saúde.

Gostaria ainda de defender quem já repetiu essa frase, que pode significar que “Não gosta de discutir partidos, propostas e candidatos”. Tudo bem, você tem o direito de não se envolver na discussão, mas você tem o dever de fazer parte da escolha e monitoramento da administração.

Concordo que dá trabalho fazer grandes mudanças e pode ser que demora, mas você certamente concordará que as grandes mudanças começam com as pequenas mudanças e que elas precisam começar para termos então os resultados desejados.

Dá trabalho escolher e monitorar os candidatos

Há um tempo isso seria bem verdade, mas na era da tecnologia… não.

Com a proximidade das eleições, e para as próximas, quero compartilhar com você as ferramentas virtuais para avaliar os melhores candidatos e tirar de sua lista os que fizeram pouco (ou nada) para o país.

Acredito que somos uma equipe de milhões por isso é quase impossível agradar a todos, do mesmo modo que acredito que é impossível errar tanto com tantas opiniões.

Vamos às ferramentas:

1 – Lista Ficha Suja

A Lista do TCU (Tribunal de Contas da União) com os candidatos lista os candidatos que estão inelegíveis para as próximas eleições.

Essa lista é atualizada periodicamente pelo TCU . Vale a pena conferir.

2 – Ranking dos Deputados e Senadores

O site http://www.politicos.org.br lista os candidatos eleitos e os coloca em um ranking nacional.

Particularmente gosto muito deste site, porque mostra o desempenho dos políticos eleitos e nos dão condições de verificar os que por competência merecem continuar nos cargos e os que precisam ir em busca de novos desafios,

Eles são avaliados em:

  • Presença nas sessões
  • Privilégios
  • Processos judiciais
  • Outros (Formação Acadêmica, Permanência Partidária)
  • Qualidade Legislativa (Como votou, autor e revisor)

3 – Lista de Contas das Eleições

Neste site é possível consultar a lista de gastos realizados pelos candidatos e partidos nas eleições.

Vales a pena ver os dados e ver se os dados divulgados pelas notícias acaloradas estão de acordo.

4 – Acompanhando os candidatos

Depois que forem eleitos os candidatos precisam ser monitorados e precisam saber onde estão acertando (ou não) e quem faz isso melhor que você, eleitor, não tem.

Neste artigo você encontra as formas de entrar em contato com os candidatos e de acompanhar o trabalho deles.

 

Seja e faça a mudança que você deseja para o país.

Forte abraço,

 

Wel Tavares

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: