Qualquer gato-vira lata
Teatro

Qualquer Gato Vira-Lata tem uma vida sexual mais Sadia que a Nossa

Na última sexta-feira, 14 de outubro, fui assistir a estreia da peça “Qualquer Gato Vira-Lata tem uma vida sexual mais Sadia que a Nossa” no teatro Gazeta. A peça ficará em cartaz até 19 de novembro, conforme link abaixo.

Apesar de eu já ter trabalhado alguns anos na Paulista, foi a primeira vez que fui assistir um espetáculo no teatro Gazeta. Boas acomodações e nem preciso falar que é muito fácil chegar (mais próximo da estação Brigadeiro 🙂

Vou continuar com umas pontuações sobre o espetáculo, mas o veredito é: vale a pena, vá assistir para dar boas risadas!

Eu já sabia – por altos-  do que a peça se tratava: discussão de casais! E não estou menosprezando o tipo de história, já que o universo que se estabelece entre um casal é algo de onde pode-se tirar história para toda a vida e por todas as gerações possíveis.

O cenário da peça foi muito bem elaborado, facilitando as pequenas trocas que ocorrem durante a peça.

Não sei se por conta da estreia, mas o começo estava um pouco sem energia, o que se recuperou bastante depois da metade do espetáculo.

Nunca vi nenhum trabalho da Monique Alfradique (Tati) ou do Marcos Nauer (Conrado), mas sou apaixonado pelo Vai que Cola e então acompanho o trabalho do Emiliano D’Avila, que interpreta o Marcelo em “Qualquer Gato Vira-Lata tem uma vida sexual mais Sadia que a Nossa“.

Deste modo não pude deixar de reparar o quão parecidos são os personagens Maicon (Vai que cola) e Marcelo da peça em questão: um cara boa pinta, bombado, baixo intelecto e puro instinto.

Houve algumas pequeníssimas falhas de som e uma delas atrasou o toque do celular para uma cena, e na sequência o celular continuou tocando mesmo após ter sido atendido. Foi “mágica” e humilde a demonstração de capacidade da Tati (Monique) em contornar a situação com uma piada: “Esse celular é estranho, continua tocando mesmo após a gente atender”.

Mais informações: http://www.compreingressos.com/espetaculos/1187-qualquer-gato-vira-lata-tem-uma-vida-sexual-mais-sadia-que-a-nossa

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: