Youtube
Carreiras,  Geral

Ganhe dinheiro com o Youtube

Você pode ser perguntar se é possível viver só produzindo conteúdo com o Youtube. A resposta é: sim é possível. Porém (ah! o porém!) você terá que trabalhar muito.

Neste ponto você pode se questionar o porquê eu não tenho um canal e ao invés de estar escrevendo o que fazer porque simplemente não faço. Ponto para você e não tenho um canal no Youtube porque já falei que dá trabalho? Pois é e francamente começar algo e abandonar por falta de tempo não é algo interessante para se fazer…

Então, se você tem uma ideia, tempo e principalmente está com MUITA vontade, siga os passos abaixo que com certeza você conseguir chegar bem longe.

As dicas servem tanto para quem está começando, tanto para quem já tem um canal de quer melhorar o seu desempenho.

Vamos ao trabalho?

Passo 1: Crie um canal

O canal é a porta de entrada ou melhor dizendo a conexão entre você e o público.

Neste link você encontrará o passo a passo como criar seu canal.

Passo 2: Construa uma boa identidade visual

O link inicial para o seu canal será algo bem complexo de ser decorado. Mas não desista e ame o link assim como você amará seus seguidores.

Atualmente a política para reservar nomes específicos de links está bem restritiva, mas é possível a partir de 100 inscritos solicitar a reserva de nome.

Pausa. O que é reserva de nome? Simples: um nome para localizar rápido e fácil o seu canal. Exemplo: https://www.youtube.com/portadosfundos

Coloque uma foto de perfil convidativa.

Coloque uma capa atraente, que dialogue com o seu público.

Outra dica importante neste ponto é destacar-se. Procure fazer o que outros canais não fazem e crie sua própria identidade.

Passo 4: Tenha em mente seu público

Confesso que já quem consiga atrair todos os tipos de pessoas para um canal e mantê-las interessantes em praticamente todos os vídeos.

Mas cá entre nós: agradar a todos é quase impossível de se alcançar.

Então neste passo segmente! Segmentar é separar, distinguir, diferenciar.

Na prática é definir o público-alvo do seu canal. Exemplo: mulheres de 15 a 20 anos interessadas em games e mangás.

Note que no exemplo ficam excluídas mulheres de menor idade e de mais idade. Você até pode atingi-las com o conteúdo do seu canal, mas não devem ser o seu foco.

Passo 3: Faça um trailer

Certamente quando as pessoas chegarem ao seu canal NÃO será pelo trailer, mas ele fará com que o seu público se interesse e fique por lá.

Então capriche no trailer de apresentação que deve ter de 2 a 5 minutos.

Passo 4: Monetize

Aqui que entre a mágica para ganhar dinheiro com Youtube! Se você for menor de idade peça ajuda a um adulto que tenha conta bancária.

Para monetizar o seu canal é preciso vincular a sua conta do Youtube a uma conta Adsense.

Neste link você terá um passo a passo de como fazer isso.

Após monetizar o seu canal, os cliques nos anúncios que aparecerem antes dos seus vídeos entrarão como dinheiro em sua conta do AdSense.

Mas para que o vídeo esteja apto a ser monetizado:

  • não pode ter áudio protegido. Use sons e efeitos da biblioteca livre do Youtube clicando aqui;
  • não pode ter partes de outros vídeos protegidos por leis;
  • deve ter no mínimo 10.000 visualizações.

Nem preciso falar que o conteúdo do vídeo, então, deve ser original e bastante atraente.

Passo 5: Publique

Você já tem o canal, já tem uma identidade visual, definiu o público-alvo e monetizou o canal, agora só falta fazer as publicações.

Crie uma rotina de publicações (semanais, quinzenais, mensais ou alternadas). A rotina fará com que os seguidores voltem sempre ao seu canal. Então nada de enviar um vídeo a cada Natal!

Antes de finalizar, junto com o publique é muito importante que você ouça o seu público. Depois que já tiver alguns seguidores (100 mais ou menos), convide-os a participar enviando o que querem ver.

Faça campanhas de divulgação do seus vídeos. Envie para lista de Whatsapp, páginas do Facebook, etc. Mas use de esperteza e não use a repetição. Um vídeo por semana para cada meio de divulgação já será o suficiente.

Passo 6: Ouça os números

Os meus professores de estatísticas sempre diziam: “Os números falam”. Eu só de deboche ignorava.

Pois é, pois é! Hoje, mais que sempre, vejo que os números falam e falam a verdade. Antes dos números monetários falarem algo, muitos outros números precisarão ser ouvidos…

Quer saber quais são os números e com ouví-los?

Estabeleça metas

Estabeleça alvos para o seu canal e trabalhe para alcançá-los. Aqui vai outra frase clichê, mas muito válida: lance flecha e corra atrás dela.

Anote suas metas e deixa bem visíveis:

  • Quantos vídeos serão lançados em 1 mês?
  • Quantas vezes serão divulgados em outros meios?
  • Qual tempo mínimos dos vídeos?
  • Qual o tempo máximo dos vídeos?

Acompanhe os números

Alguns números não serão estabelecidos por você, mas devem ser acompanhados para medir o quanto o público está interessado em seu canal.

Anote mês a mês:

  • Quantas visualizações o canal teve?
  • Quanto tempo de visualização o canal teve?
  • Qual o vídeo mais visualizado?
  • Qual assunto dos vídeos mais comentados?
  • Quantos inscritos tem o canal?
  • Qual vídeos com mais likes?
  • Qual vídeos com mais dislikes (não gostei)?

Ouviu?

Acho que você já deve ter notado que tem muitos números envolvidos e todos eles dizem MUITO sobre o seu canal!

Se algum dos números estiver parado é preciso agir e tomar atitudes diferentes para que o seu canal e sua ideia não se percam e todo o seu trabalho não estejam sendo jogados fora.

Alguns exemplos dos números:

  • Se o vídeo tiver muito dislikes pode ser que as pessoas não gostem de opiniões (comum hoje em dia viu!)
  • Se o seu canal está ganhando poucos seguidores verifique a qualidade dos vídeos, assuntos relevantes e período de lançamento;

Lembre-se que o número que fala de dinheiro só vai aumentar se todos os demais números estiverem “falando”.

 

Abraço e até a próxima!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: