Poesias

Doce engano

Esse foi de todos o pior dos meus males,
não pela pessoa,
mas pelo modo como me doei.
Parei de viver para mim
Acabei com meus planos
Encerrei minha racionalidade
só pensava em uma coisa…!
Oh! Era angustiante ter e não poder
e isso não entendia
Isso que me levou ao fundo do poço
Por fim era só uma ilusão enorme que criei para mim
e que nunca poderia ser algo para mim
Mas como já tinha perdido tudo mesmo
o abismo era o que me esperava
e era foi para onde caminhei por longo tempo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: