Textos

Aventuras na Linha Vermelha de São Paulo

Hoje deparei-me com um inimigo que jamais pensaria ter que enfrentar!

Eu estava comodamente alocado entre umas três pessoas, mas estava perto da porta. De repente a porta do metrô abre e já era minha comodidade. Entrou sim, o pior dos meus inimigos: uma bunda gigante.

Por mais que eu tentasse me segurar, ela me empurrou para o meio da multidão. Eu não tinha forças, por mais que tentasse qualquer ataque fui massacrado. Não bastasse os solavancos costumeiros do metrô, vez ou outra sentia os golpes pesados da grande bunda em minhas costas, que me fazia ser cada vez mais esmagado pela multidão.

Quando cheguei a Sé me senti aliviado. Não teria a multidão e esperava nunca mais ter que enfrentar aquele inimigo que tanto me massacrou e depois saiu de perto de mim como se eu não fosse nada.

#linhavermelha #metrosp

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: